O porre do czar russo que não aconteceu

imagem-destacada-o-porre-do-czar-russo-que-nao-aconteceu

Em maio de 1917, torpedeado por submarino alemão, afundava no Mar Báltico, Norte da Europa, o S/S Kyros.  Somente 102 anos depois do naufrágio, empresa Ocean X revelaria a carga dessa embarcação:  600 garrafas de conhaque e 300 garrafas de licor de ervas destinadas ao czar russo Nicolau II.

Naquele momento, o Europa vivia as turbulência da I Guerra Mundial. Ao mesmo tempo,  a Rússia era varrida por uma Revolução Comunista.  Foi nesse cenário que o navio deixou a Suécia, afundado pouco tempo depois. Segundo a Ocean X,  a tripulação foi resgatada e levada de volta ao país de origem.

Graças as condições propiciadas pelo Mar Báltico – águas frias e escuras – o navio foi preservado. Quando foi encontrado, o tesouro do S/S Kyros estava avaliado em 4,7 milhões de libras esterlinas, cerca de R$ 35 milhões. Mas em leilão realizado em 2011, uma garrafa de champanhe encontrada na embarcação foi arrematada por US$ 43 mil (aproximadamente R$ 230 mil).

Por muitos anos,  a equipe da Ocean X trabalhou na limpeza do navio, retirando restos de redes de pescas abandonadas.  Foi quando após uma inspeção, os mergulhadores descobriram as bebidas, outros artefatos, além de um carregamento de armas.

Será elas impediriam a morte do czar pelos bolcheviques? Como o S/S Kyros nunca chegou ao seu destino, não sabemos o que poderia ter acontecido e se a carga mudaria os rumos da Revolução Russa.

Outra dúvida é se as bebidas podem ser consumidas, mas isso os cientistas se encarregarão de responder, após finalizar os exames laboratoriais na carga.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Prezados mergulhadores, clientes e amigos,

Em função da atual situação do Brasil e do mundo, de quarentena, isolamento físico e proibição de agrupamento de pessoas num mesmo local, teremos que alterar nossas atividades de mergulhos e de cursos. Nosso calendário está temporariamente suspenso até segunda ordem e deste momento em diante trabalharemos apenas com cursos sob consulta e demanda. Se você tem interesse em algum curso do Onda Azul ou parceiros, entre em contato por e-mail e nos conte sua necessidade. Iremos atender da melhor forma possível.

Desde já agradecemos a atenção e compreensão,

Paulo Guilherme Pinguim
Fundador do Centro de Estudos do Mar Onda Azul