Conheça os faróis mais excêntricos do mundo

imagem-destacada-conheca-os-farois-mais-excentricos-do-mundo

Encrustado em um precário conjunto de rochas na costa de Andros, na Grécia, o Farol de Tourlitis é tão caprichoso e surreal que parece que concebido em um programa de edição de imagens. Mas ele é 100% real e com uma história bastante difícil deste que foi construído em 1897.

Durante a II Guerra Mundial, o imponente farol foi destruído, depois ficou abandonado durante décadas. Na década de 1990, Tourlitis foi reconstruído para alegria dos visitantes e moradores da região, onde a edificação é uma das atrações turísticas.

Ficou encantado com a história de Tourlitis? Então vamos mostrar 9 faróis bem interessantes ao redor do mundo.

Farol Thomas Point Shoal Light - Mariland, Estados Unidos

Construído em cima de pilastras, em uma área arenosa da Baía de Chesapeake, o farol se destaca na região.  Há outras edificações por semelhantes por lá,  ele é a única que permanece no mesmo lugar desde 1875.

São Nicolau Farol-Igreja - Malorchenske, Ucrânia

O santo é considerado o padroeiro dos marinheiros. A elegante construção que é parte farol, parte igreja, guarda quem navega pelo Mar Negro.  Também é um memorial para pessoas que se perderam no mar.

Farol de Jidá - Jidá, Arábia Saudita

A estrutura futurista resguarda o litoral do Mar Vermelho, que banha a cidade Jidá, considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO. Com mais de 132 metros de altura, a população reivindica o título de mais alto do mundo para o farol.

Farol de Kõpu - Ilha de Hiiumaa, Estónia

Uma bela estrutura teve as suas obras concluídas em 1531, o que faz dele um dos faróis mais antigos em atividade no mundo.  Ele é uma estrutura em formato de um prisma retangular, ladeado por pilares conhecido como contrafortes.  O Farol de Kõpu está localizado na colina mais alta da ilha e recebe visitas de milhares de turistas.

Torre de Hércules - Corunha, Espanha

Inspirada no lendário Farol de Alexandria, a Torre de Hércules tem mais de 1900 anos de existência. No século II, a torre recebeu uma reforma que deu ares neoclássicos a construção.  É o único farol romano do mundo que ainda está em funcionamento.

Farol de Baishamen - Hainan , China

Localizada no sudeste da China, esse edifício tem uma torre triangular e base hexagonal foi construído em 2000. Está entre os seis farois mais altos do mundo e está localizado na ilha de Haidian.

Farol de Strombolicchio - Aeolian, Itália

A arquitetura que não tem nada muito impressionante, mas o farol  de Strombolicchio foi construído na ponta de um penhasco de uma ilhota no arquipélago de Aeolian. Esse pedaço de terra é feito de basalto, resquício de uma do núcleo de um vulcão que pode ter erodido há 200 mil anos. Os visitantes tem que subir um lance de escadas na lateral da localidade para chegar ao local.

Farol de Dyrhólaey - Islândia

Posicionado na parte sudeste da costa rochosa da Islândia, o farol é mais uma atração para visitar esta ilha formada por paisagens belas, mas também estranhas. O edifício de aço e concreto foi construído em 1927.

Farol Seven Foot Knoll - Maryland, Estados Unidos

Construído em 1855, é um prédio vermelho construído sobre pilares. Mas diferente do Farol Thomas Point Shoal, mencionado aqui anteriormente, este equipamento ficou obsoleto na metade do século XX. Em 1988, ele foi colocado no píer de Baltimore e virou uma atração turística.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Prezados mergulhadores, clientes e amigos,

Em função da atual situação do Brasil e do mundo, de quarentena, isolamento físico e proibição de agrupamento de pessoas num mesmo local, teremos que alterar nossas atividades de mergulhos e de cursos. Nosso calendário está temporariamente suspenso até segunda ordem e deste momento em diante trabalharemos apenas com cursos sob consulta e demanda. Se você tem interesse em algum curso do Onda Azul ou parceiros, entre em contato por e-mail e nos conte sua necessidade. Iremos atender da melhor forma possível.

Desde já agradecemos a atenção e compreensão,

Paulo Guilherme Pinguim
Fundador do Centro de Estudos do Mar Onda Azul